O bêbado e o equilibrista

Outro dia minha mãe comentou comigo que um velho e bom vizinho teve sua carteira de motorista aprendida pela dosagem mínima de álcool no sangue. Gente boa esse vizinho, segundo sua versão bebeu duas cervejas, mas o bafômetro do DETRAN/PA não refrescou. Multa e ameaça de cortar pontos da carteira, pois é a primeira vez  e a dosagem não foi tão excessiva.

Dia 17/04, o senador zona sul e boêmio Aécio Neves recusa-se a fazer o teste do bafômetro, teve sua carteira apreendida, pois estava com a data vencida, ou seja, não renovou no prazo correto, enfim, para uma autoridade (ex-governador), um dos senadores mais votados do país e para quem fez recentemente um discurso cheio de velhas críticas ao governo, ao ex-presidente LULA e ao PT, o senador Aécio ficou conhecido como aquele que cumpre um simples ritual  e transforma-se num verdadeiro DEMAGOGO.

Além disso, o carro utilizado por Aécio pertence a rádio de sua irmã que é DAS no governo de Minas, onde Aécio depois das eleições tornou-se sócio desta mesma rádio.

Desculpem! mas assim como Aécio tenta se equilibrar entre tentar enganar as autoridades públicas para não realizar o teste do bafômetro, o mesmo que meu vizinho realizou e que todo cidadão é obrigado a fazer, eu também tento me equilibrar entre as informações do carro que Aécio dirigia, o nome da rádio e da irmã de Aécio.

Aqui em nossa cidade (Belém), no glorioso norte do Brasil temos um senador eleito chamado Mário Couto (PSDB), que usou em vários momentos a tribuna para denegrir a imagem da ex-governadora Ana Júlia (PT) incomodando-se por sua vida privada nas noite belenenses. Sem entrar no mérito moral dos termos do senador Mário Couto (um contraventor declarado do jogo do bicho) haja vista que toda Belém e todo Pará são sabedores desta façanha do senador Mário Couto (PSDB), mas a verdade é que não paira qualquer ato impróprio da ex-governadora ou parlamentar do PT em desrespeitar o DETRAN retirando as informações a respeito de multas e de pontuação da carteira de motorista.

E agora? como equilibrar-se entre a demagogia tucano de tentar confundir política com fatos morais que só corroboram para manipular o sofrido povo brasileiro.

Que o senador Mário Couto (PSDB/Pa) ocupe a tribuna do senado para proferir as mesmas falsas afirmações morais que usou contra a ex-governadora para o senador de seu próprio partido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s