As Chuvas: Sem sensacionalismo!

Janeiro repete a velha sina transmitida na velha mídia conservadora sobre as circunstâncias provocadas pelas chuvas.

circunstâncias, prefiro em defesa da vida, pela solidariedade as vitimas das enchentes.

É duro o pretexto de informar a sociedade e a velha mídia, seja no rádio, nos jornalões e principalmente as TVś, como: Globo, SBT aproveitando-se dos fatores negativos e destilando sensacionalismo através das imagens e do sofrimento, principalmente do povo pobre.

A velha mídia conservadora vem sistematicamente afirmando que um dos fatores negativos para a “tragédia” são as construções das residências em áreas irregulares. Mas, dessa vez presenciamos casas da alta elite sendo destruída. Estavam em áreas irregulares?

Por outro lado, os mais sofridos disputando os espaços nos abrigos improvisados.

O tema calamidade climática foi alvo dos debates nas eleições no Rio de Janeiro, mais uma vez muito pelo sentido oportunista e sensacionalista. O PV de Gabeira, apoiado pelos DEMos e Tucanos estiveram no centro deste debate oportunista e sensacionalista.

As dificuldades provocadas pelas chuvas não podem mais ser centro privilegiado da velha mídia, não pode mais entrar em meras disputas governamentais. É preciso urgentemente reunir todos os atores políticos e implementar um projeto verdadeiramente que atenda aos interesses do povo pobre.

BASTA de descaso!

BASTA de sensacionalismo!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s