E agora José?

A disparada de Dilma abalou aliados e dirigentes da campanha de José Serra (PSDB). O clima de desânimo marcou as reações dos tucanos, que agora dizem esperar um “fato novo” para levar a eleição ao segundo turno.

“Isso impacta a gente. Não é fácil, mas só podemos desistir no último minuto”, disse a senadora Marisa Serrano (PSDB-MS). “É ruim esperar o imponderável, mas precisamos lutar até o fim e gerar um fato”.
O fato
A Receita Federal afirmou no final da noite desta terça-feira (31) que o acesso aos dados do imposto de renda de Verônica Serra, filha do candidato do PSDB à presidência, teria sido feito a pedido da própria contribuinte. De acordo com a Corregedoria da Receita Federal, o acesso aos dados de Verônica foi motivado por uma procuração assinada por Verônica, com firma reconhecida em cartório de São Paulo.”
O acesso a esses dados foi autorizado em 2007 pela própria em procuração assinada e reconhecida em cartório. Porque isto está sendo usado três anos depois e como se fosse uma fraude, num momento de derrota fragorosa é mais uma evidência da desonestidade desse candidato que já deu muitas provas de não ser sério, até quando se diz autor de idéias e obras que claramente não são suas.

Enviar por email Por: Helena™

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s