Qual o destino da educação do Pará?

Definitivamente a situação da educação no Pará está incerta, tão incerta por não entendermos o que faz a atual secretária de educação continuar no cargo. Segundo enquete de movimentos sociais ligados à educação, a categoria identifica à atual mandatária da SEDUC pior do que Rosa Cunha (ex-secretária de educação no governo tucano).
Pesquisas, enquetes todos nós desconfiamos dos resultados, de metodologias, mas se for autentica o que preconiza qualquer pesquisa em formato de enquete com a categoria de educação no Estado do Pará, essa é uma derrota eminente para o governo Ana Júlia. Vai ganhar de quem?
O certo é que o escândalo dos kits escolares ganhou manchete nacional conforme link abaixo. Mas, o curioso é que nos tempos do governo tucano o sindicato da categoria botou o bloco na rua numa campanha fortíssima exigindo a saída da mandatária. No caso da tecnocracia GALLO, não presenciei sequer um boletim do sindicato se pronunciando, ou seja, depois de um ímpeto pela greve dos professores, pensei que o sindicato (ligado a setores que se reivindicam da esquerda da esquerda) retomariam as ruas exigindo a saída da secretária de educação pelo (des) serviço que realiza com os ganhos progressistas da gestão Mário Cardoso.
Na comparação ao episódio Sarney com o episódio SEDUC, há uma disputa na imprensa conservadora de quem divulga diariamente fatos novos. Quem viver, verá!

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u596721.shtml

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s